Total de visualizações de página

domingo, 26 de janeiro de 2020

Parte do teto do Aeroporto de Fortaleza é arrancado com forte ventania deste domingo


Pessoas que estavam no aeroporto e arredores registraram imagens mostrando parte da estrutura superior do terminal sendo levantada pelos ventos

Diário do Nordeste

Rajadas de vento arrancaram parte do teto do Aeroporto de Fortaleza.Foto:Divulgação 

Parte do teto do Aeroporto de Fortaleza foi arrancado durante a forte chuva com rajadas de vento que atingiu Fortaleza e a Região Metropolitana na manhã deste domingo (26).

Pessoas que estavam no aeroporto e arredores registraram imagens mostrando parte da estrutura superior do terminal sendo levantada pelos ventos.

Em nota, a Fraport, responsável pela administração do aeroporto, confirmou que o dano foi causado pelas fortes rajadas, o que levou algumas telhas a se soltarem da estrutura do terminal. "A equipe de Manutenção está tomando todas as ações necessárias para garantir a segurança", informou.

A Fraport informou ainda que os voos não foram afetados, com a forte ventania, e que não houve feridos com a queda das telhas do teto do aeroporto.

Conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as rajadas alcançaram uma velocidade de 47 km/h, o que causou transtornos como árvores caídas e queda de energia em alguns bairros da capital cearense.

Ainda segundo a Funceme, o aumento repentino da velocidade dos ventos, considerado como rajadas, vem junto a um sistema meteorológico denominado linhas de instabilidade. O processo traz chuvas mais fortes, pontuais e se forma próximo à costa, sobre o oceano.

Para não ser multado, homem ateia fogo na própria moto em Itapipoca, no Ceará

Ele foi preso por causar incêndio e por desacato a autoridade

G1 CE
Para não ser multado, homem ateia fogo na própria moto em Itapipoca, no Ceará

Depois ter a motocicleta apreendida em uma blitz da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o proprietário ateou fogo no próprio veículo, em Itapipoca, no Ceará, na noite deste sábado (25).

O caso aconteceu na Rua Eubia Barroso, no Bairro Ladeira. Segundo a Polícia Civil, a moto tinha pendências e, enraivecido pela situação e para não entregar o veículo, o condutor decidiu incendiá-lo.

Conforme testemunhas, após ser parado na blitz, o homem se dirigiu a um posto de combustíveis próximo e comprou um galão de gasolina.

Após queimar a moto, ele foi encaminhado pela PRE para a Delegacia Regional de Itapipoca e foi autuado por causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio, além de ser indiciado também por desacato a autoridade.

O suspeito pode cumprir de três anos e seis meses até oito anos de pena, ou pagar multa. Até a publicação, ele permanecia preso na Delegacia de Itapipoca. A motocicleta ficou completamente queimada.


Parte de condomínio desaba em Sobral, no Ceará, após chuva com ventos de 59 km/h

O imóvel localizado na Rua Vereador Nilo Donizete Coelho com Avenida Noeme Dias Ibiapina possuía 10 apartamentos.

G1 CE
Parte de condomínio desaba no Bairro Junco, em Sobral. — Foto: Mateus Ferreira/ SVM

Parte de um conjunto residencial desabou no Bairro Junco, em Sobral, Região Norte do Ceará, neste domingo (26), após as chuvas, que iniciaram por volta de 12h30. O município teve ventos de 59,4 km/h, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Em Fortaleza, a chuva também causou estragos. O Aeroporto de Fortaleza teve parte do teto arrancado por conta da grande ventania, que chegou a 47 km/h, de acordo com a Funceme.

No momento em que o parte do prédio de Sobral ruiu não havia moradores no condomínio. Uma das proprietárias do imóvel relatou que o espaço já havia sido esvaziado pela Defesa Civil em julho do ano passado.

O imóvel Abdo Parente, localizado na Rua Vereador Nilo Donizete Coelho com Avenida Noeme Dias Ibiapina, possuía 10 apartamentos, sendo cinco na parte superior. O local desabado afetou dois dos domicílios.

“Tava todo rachado. Meu lado já caiu. Quem ficar dentro de casa vai saber que isso aí vai cair”, comentou a dona de casa Maria Iolanda, vizinha do conjunto residencial.
“Eu morro de medo. Vai que um bicho desse cai igual aquele prédio de Fortaleza”, acrescentou Gilda Oliveira, outra moradora do bairro, referindo-se ao Edifício Andrea, que desabou em outubro de 2019, deixando nove pessoas mortas e sete pessoas resgatadas com vida.

Apesar de não haver residentes, alguns móveis foram deixados nos apartamentos, segundo uma das proprietárias, Sheila Maria Parente.

O Corpo de Bombeiros foi acionado.

sábado, 25 de janeiro de 2020

Aos 94 anos, idoso mantém comércio mais antigo de Juazeiro do Norte: 'Acho ruim não fazer nada'

José de Sá Barreto administra a 'Casa Grangeiro' e dirige o carro da casa ao trabalho

G1 

 
Aos 94 anos, José de Sá gerencia o comércio mais antigo de Juazeiro do Norte — Foto: Antonio Rodrigues/SVM

Em 1948, José de Sá Barreto Grangeiro criou a Casa Grangeiro, em Barbalha, sua cidade natal, no interior do Ceará, para vender o que classifica por miudezas. Após 21 anos, abriu uma filial em Juazeiro do Norte, município vizinho, que administra até hoje, aos 94 anos.

Mesmo com idade avançada, sua rotina se mantém há cinco décadas: acordar cedo, enfrentar o trânsito do Centro e administrar sua loja, a mais antiga registrada na Junto Comercial de Juazeiro do Norte. Ele ainda dirige na ida e volta ao trabalho, todos os dias.

"Eu gosto de trabalhar", enfatiza José. Para sua família, mesmo trabalhando na rua comercial mais movimentada da cidade, o trabalho ajuda a manter sua saúde. "Ele se sente muito feliz. Mas também tem que descansar um pouco", pondera seu filho, o engenheiro Afonso Teles Grangeiro, que o convenceu a trabalhar apenas pela manhã. Na loja, vende panelas, louças, ferramentas, brinquedos, e outras utilidades do lar.

José renovou a Carteira Nacional de Habilitação há três anos e mantém o hábito de dirigir, todos os dias, na ida e volta ao trabalho. "Ele conseguiu ler direitinho todas as letras que a médica pediu", garante o engenheiro.

Regulamentado, o comerciante não aceita que ninguém conduza seu carro. Também dispensa câmbio automático e não larga seu modelo Fiat Uno, fabricado em 2010. "Eu gosto de dirigir. Não vou botar ninguém pra dirigir para mim se consigo ainda. Em todo canto eu ando legal, como qualquer um outro", destaca o empresário.

Início com 4 mil cruzeiros
A veia comercial de José começou quando trabalhava nos Correios fazendo o transporte das mercadorias de Juazeiro para Barbalha. Nisso, começou a vender, nas horas vagas, jornais e revistas que chegavam por correspondência. Depois, apostou em acessórios em ouro, como pulseiras, braceletes, pingentes com os nomes dos clientes gravados. O ourives pagava uma comissão. "Juntei muito dinheiro", lembra.

Com a economia de 4 mil cruzeiros, abriu a Casa Grangeiro, em Barbalha, e duas décadas depois a filial, em Juazeiro do Norte. A primeira, fechou as portas apenas no ano passado após seu irmão, que administrava a loja, adoecer aos 88 anos.
"Aqui antes era só capim. Não tinha nada na frente. O Orlando Bezerra passou pra mim, peguei o prédio, ajeitei e paguei", diz José sobre sua chegada a Juazeiro do Norte. Mais de meio século depois, reconhece as transformações que o Centro da cidade passou. "Nenhum colega meu antigo trabalha mais. Todos já morreram", lamenta o comerciante.
Foi com este empreendimento que conseguiu, ao lado de Terezinha Teles Grangeiro, criar e educar seus oito filhos — dois já faleceram —, que lhes deram 16 netos e oito bisnetos. José e Terezinha completam 70 anos de casamento em 2020.

Em mais de 90 anos de vida, José passou por dois momentos que ele considera difíceis. Em 1974, quando sofreu um traumatismo craniano após um acidente doméstico ao cair de uma altura de seis metros, e quase faleceu em decorrência dos ferimentos. Ele passou um mês em coma e mais três meses para recuperar a memória. “O médico disse que foi um milagre”, conta o filho Afonso.

Depois disso, ainda se curou um câncer na garganta, que tirou um pouco da força de sua voz, mas não o seu vigor para trabalhar. "Estou muito bem ainda", indica.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Colégios da Polícia Militar abrem 1.100 vagas para alunos novatos no Ceará

Escolas estaduais em Maracanaú e Sobral passarão a ser dirigidas por policiais. Edital para seleção de alunos novatos foi divulgado segunda-feira (21)

G1 CE
Foto-Divulgação

Duas escolas da Polícia Militar do Ceará abrem nesta sexta-feira (24) vagas para alunos novatos. O 3º Colégio Tenente Mário Lima, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza; e o 4º Colégio Ministro Jarbas Passarinho, em Sobral, na Região Norte do Estado, somam 1.100 vagas. São 280 vagas para o 3º Colégio e 820 vagas para o 4º Colégio.

As escolas já funcionavam em regime regular no ensino médio, mas passarão a ser dirigidas por policiais militares. O coordenador geral dos colégios, coronel Francisco Kennedy Pimentel, afirma que todos os alunos já matriculados nas instituições têm vaga garantida.

Em Sobral, 60% das vagas serão destinadas para a comunidade local. Em Maracanaú, “como há maior disponibilidade de escolas”, segundo o militar, a divisão será de 50% para a comunidade e 50% para dependentes de militares.

“As escolas estão sendo adaptadas aos moldes dos colégios já existentes aqui em Fortaleza e em Juazeiro do Norte. A grade pedagógica é a mesma em todo o Estado, o corpo docente é da Secretaria da Educação. O diferencial é que são comandados por militares”, explica o coronel Kennedy.

O calendário escolar dos dois colégios da PM já existentes no Ceará começa na segunda-feira. Eles somam 1.779 vagas na capital e 1.429 em Juazeiro do Norte.

O cronograma dos novos colégios, em Maracanaú e Sobral, não tem previsão para início, devido aos trâmites necessários à admissão dos estudantes. Além disso, ambos ainda estão em aulas, em consequência de atrasos no calendário de 2019.

Investimentos
O coordenador geral informou ainda que os dois novos colégios receberão recursos do Governo Federal, por meio do programa de escolas cívico-militares, ao qual o Ceará aderiu em 2019. Comandantes das escolas receberão mais orientações sobre o programa, entre os dias 10 e 14 de fevereiro, em evento na cidade de Porto Alegre.

O corpo técnico das escolas também preparou um relatório das adaptações estruturais necessárias às novas unidades. O documento será encaminhado ao comando da corporação.

Para o coronel Kennedy, a implantação do regime militar nas instituições deve contribuir para melhorar os índices educacionais do estado. “Nossa escola tem diferencial porque prima pela ordem, pela disciplina, pelo respeito, em especial ao professor, que é a principal autoridade da sala de aula. Quando a gente oferta ao professor ministrar uma aula com ordem, ganha todo mundo: escola, professor, aluno e a educação do Ceará.”

Morre aos 87 anos o jornalista Sérgio Noronha, ex-Globo

O comentarista esportivo teve passagens pela TV Globo, Rádio Globo, Jornal do Brasil e Rádio Tupi

Diário do Nordeste

Comentarista esportivo Sérgio Noronha morre aos 87 anos Foto:Divulgação

Morreu na tarde desta sexta-feira (24), aos 87 anos, o jornalista carioca Sérgio Noronha, comentarista que teve passagens por TV Globo, Rádio Globo, Jornal do Brasil e Rádio Tupi. Internado havia 10 dias em razão de uma pneumonia no Hospital Rio Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro, Noronha, que já vinha enfrentando o mal de alzheimer, sofreu uma parada cardíaca

O jornalista vivia no Retiro dos Artistas, ajudado pelo amigo e ex-colega de Globo, o comentarista de arbitragem Arnaldo Cezar Coelho, que o levou ao local em 2018.

"Perdi um amigo. Conheci Seu Nonô quando ele jogava futebol na Urca na década de 1960. Ele era o cara que sentava no paredão e ficava me pressionando quando eu era juiz. Ali conheci ele. Depois ele foi para o Jornal do Brasil, Rádio Globo... A vida toda foi meu companheiro, um parceiro de vida toda, de frequentar a minha casa", disse Arnaldo, ao Globoesporte.com.
Carreira

Nascido em 28 de dezembro de 1932, Sérgio Noronha estudou Letras na Faculdade Lafayete. Aos 22 anos, ele começou a trabalhar na revista O Cruzeiro.

Após a carreira em jornais, com passagens pelo Jornal do Brasil, Diário Carioca, Correio da Manhã e Última Hora, chegou à TV Globo em 1975. Pela emissora ele comentou as Copas do Mundo de 1978 e 1982.

Depois de passar por TV Educativa, Rádio Globo e Rádio Tupi, entrou em 1998 para o SporTV, retornando à Globo no ano seguinte.

Em 2009, virou comentarista da TV Bandeirantes. De volta à Rádio Globo em 2010, participou também de transmissões do Premiere, o canal de futebol pay-per-view do Grupo Globo.



Cuidadora e namorado são presos suspeitos de matar idosa de 82 anos em Caucaia

Segundo a polícia, a cuidadora trabalhava há cerca de dois anos na residência e foi a pessoa que planejou todo crime

Diário do Nordeste 


Policiais encontraram a idosa já sem vida no quarto da residência localizada na Praia do Icaraí Foto: Paulo Sadat

Um homem foi preso suspeito de roubar um carro e matar a pauladas uma idosa de 82 anos na tarde desta sexta-feira (24), no Icaraí, em Caucaia, na Grande Fortaleza. A cuidadora da idosa tinha um relacionamento amoroso com o suspeito e também foi presa por facilitar a entrada do homem na casa para realizar o crime, segundo a polícia. Na ação, o esposo da vítima, que tem Alzheimer, não ficou ferido.

Após o crime, o homem fugiu com o carro da vítima, e foi iniciada uma perseguição policial. Ele dirigiu até o bairro Barra do Ceará, em Fortaleza, mas foi capturado pela polícia após colidir com outros três veículos, na Avenida Coronel Carvalho.

'Vida de filha'

Segundo a polícia, a cuidadora trabalhava há cerca de dois anos na residência e foi a pessoa que planejou todo crime. A mulher tinha, ainda, acesso aos cartões e senhas para recebimento dos benefícios previdenciários do casal. Ela também teria sido presenteada por eles com um imóvel localizado em frente a casa onde ocorreu o crime.

"Ela tinha uma vida de filha. Tinha confiança total dos idosos, que construíram um imóvel duplex para ela morar perto deles. Ela colocou um amante dentro de casa e passou a tramar esse roubo que acabou vitimando a senhora de 82 anos", esclareceu o tenente Cícero Filho.
De acordo com o tenente Filho, em depoimento, o homem, que tem antecedentes criminais, confessou que usaria o carro roubado para pagar dívidas de drogas. Ele e a cuidadora foram levados para o 22º Distrito Policial, onde vão responder pelo crime.

Crime articulado

Cinco pessoas estão envolvidas no crime, de acordo com o delegado Elzo Moreira, do 22º Distrito Policial, onde o caso foi registrado. Segundo o delegado, quatro delas invadiram a residência dos idosos para roubar documentos de casas que pertenciam ao casal e, consequentemente, passar para os nomes deles.

Na casa da cuidadora, a polícia apreendeu um HD que foi retirado das câmeras de segurança da casa onde aconteceu o crime. A suspeita teria pedido ao namorado que retirasse o HD para que o crime não fosse registrado, afirmou Moreira.



Pesquisar este blog

Follow by Email

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *